Estudo da UFMG revela: vírus da febre amarela persiste

CARLA CHEIN Um estudo inédito feito por pesquisadores mineiros mostra que o vírus da febre amarela está conseguindo se manter no Sudeste do país. Os resultados, publicados recentemente na revista “Plos Neglected Tropical Diseases”, mostram que isso ocorreu nos últimos três anos.

A médica que está revolucionando o tratamento de malária

Em regiões afetadas pela malária, os antibióticos são usados já nos primeiros sinais de febre, mesmo sem a comprovação da doença. Valérie D’Acremont quer mudar isso: com um tablet e um software ela quer garantir diagnósticos mais precisos e evitar o aumento


AntiVectorial